Associação Portuguesa de Tracção Animal

Oficina de conservação e transformação de alimentos

1 de Outubro de 2022

 

Centro de Educação e Interpretação Ambiental (CEIA)

Vascões, Paredes de Coura

O verão aproxima-se do fim, mas as hortas e os pomares continuam a oferecer-nos todos os dias uma quantidade incrível de produtos frescos!

Porém, a abundânica da grande maioria dos produtos agrícolas e silvestres está intimamente ligada à sua sazonalidade, pelo que ter capacidade para os transformar e / ou conservar é algo imperativo para quem pretende ter acesso aos mesmos em momentos de menor abundância, ao longo de todo o ano e em total segurança.

A oficina de conservação e transformação de alimentos é mais uma iniciativa do Laboratório Rural de Paredes de Coura, e pretende que formadores e participantes troquem experiências e conhecimentos, e que partilhem diferentes formas de conservar e transformar fruta, vegetais, ervas e ovos.

Temas a abordar:

- Compotas e conservação em calda.
-Preservação de ovos.
-Desidratação de frutas e ervas.
-Picles e chutneys. 

- Outras técnicas de conservação de frutas e vegetais.

Horário da oficina:

Manhã: 9.30 - 13.00

Tarde: 14.30 - 18.00

Breve apresentação das formadoras:

 

Isabel Maria Barreira Afonso Paula é Professora Adjunta na ESA-IPVC, coordenadora da Licenciatura em Biotecnologia. Doutorada em Engenharia Química e Biológica pela FEUP.  Docente responsável de várias unidades curriculares, nomeadamente, Biotecnologia Alimentar, Segurança Alimentar, Biotecnologia Industrial, Microbiologia Aplicada, Transformação e Conservação de Produtos de Origem Animal (entre outras). Desenvolve a sua atividade de investigação na caracterização química, sensorial e microbiológica de alimentos tradicionais portugueses, segurança alimentar e biotecnologia alimentar (valorização de subprodutos de agroindustriais, potencial de valorização de produtos endógenos). 

 

Lúcia Oliveira é mãe de três filhos e deixou a atividade profissional para se dedicar à família numa pequena aldeia do Alto Minho. Desde então, o contacto com a vida no campo tem-na levado a procurar e a melhorar técnicas, algumas do tempo dos nossos avós, para conservar e aproveitar melhor os alimentos que o meio oferece.

Cláudia Castro tem 46 anos e é educadora de infância. Natural de Espinho, distrito de Aveiro, há 24 anos que escolheu residir no concelho de Paredes de Coura, abraçando o que a vida no mundo rural tem para oferecer. Há seis anos criou a Casa da Portela Pequena, a sua marca de doces e licores, que surgiu como forma de aproveitar ao máximo a fruta colhida no seu pomar.

Número de participantes:

A oficina terá um número máximo de 15 participantes, que serão admitidos por ordem de inscrição.

 

Preço de inscrição:

A inscrição tem um preço de 10 euros por participante. 

 

Inscrição: 

Para se inscrever, basta que envie um e-mail com os seus dados pessoais para aptran.mail@gmail.com, juntamente com o comprovativo da transferência do valor da inscrição. IBAN: PT50 0035 0471 00013646 330 02, da Caixa Geral de Depósitos.

Mais informações e contactos:

aptran.mail@gmail.com / (+351) 964119842

foto - Isabel Afonso 2.png
lucia.jpeg
claudia.jpeg